Mentes Lúcidas

Quando o racional fica em silêncio e vive no conformismo, torna-se parte do problema e perde a total credibilidade da razão

O poder do Tribunal Penal Internacional e das grandes potências

Deixe um comentário

No final do século 20, em resposta às atrocidades horríveis que eram cometidas no mundo inteiro, mais de 60 países se uniram para lançar o Tribunal Penal Internacional (ICC ou TPI), o primeiro tribunal permanente para processar aqueles que cometem (não importa se poderosos) crimes contra a humanidade, crimes de guerra e genocídios.

O Ajuste de Contas segue Luis Moreno-Ocampo, o carismático promotor-chefe do ICC, durante três anos, nos quatro continentes enquanto ele e sua equipe emitem incessantemente mandados de prisão contra os chefes do Exército de Resistência do Senhor em Uganda, levam a julgamento déspotas congoleses, e desafiam o Conselho de Segurança da ONU a ajudar a indiciar o presidente dei Sudão devido aos massacres de Darfur e abalam o sistema justiciário da Colômbia. Porém, Moreno-Ocampo tem o mandato, mas não tem poder policial. EUA, Rússia e China, sempre foram contra o TPI por temerem afetar a soberania de seus países de potencias dominadoras sobre a influência em outros países no mundo.

Cada vez mais, ele precisa pressionar a comunidade internacional para ter força política para a causa, enquanto esse tribunal minúsculo em Haia luta para mudar o mundo e forjar um novo paradigma para a justiça.

Documentário: The Reckoning: The Battle for the International Criminal Court

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s