Mentes Lúcidas

Quando o racional fica em silêncio e vive no conformismo, torna-se parte do problema e perde a total credibilidade da razão


Deixe um comentário

Pátria armada Brasil

ditadura-militar-2Em 1950 diziam que o Brasil era o país do futuro. Ainda hoje, este jargão em busca da concretização não é realidade. O futebol enchia de orgulho os brasileiros por levar o nome do país pelo mundo a fora. Após a morte de Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek assume a Continuar lendo

Anúncios


Deixe um comentário

O Mundo faz de conta dos escravos alienados

Estive pensando em como se libertar do sistema, e cheguei à seguinte conclusão: para libertar-se do sistema é preciso destruí-lo.
O sistema está em toda a nossa sociedade: nas pessoas, nas escolas, no trabalho, na policia, etc. Logo, precisaríamos destruir toda a sociedade (sempre lembrando que essa é a minha opinião), pois a destruição leva também a construção. Continuar lendo


Deixe um comentário

O que nós temos e o que somos

O dinheiro propicia o prazer de várias necessidades que não essenciais, da luxúria, enquanto que as necessidades básicas como vestuário e alimentação, são conquistadas facilmente, assim como as necessidades dos prazeres, como sexo, embora sendo menos importante. A vontade de ter ainda mais do que tem, o medo da segurança dos bens, de uma pessoa que busca o luxo, deixa-a presa ao tédio, e quando sua fortuna fica ameaçada ou é perdida, a sua única companhia são os bens

Continuar lendo


Deixe um comentário

A miséria é o sofrimento causado pelo consumismo dos sofridos

 Em uma sociedade cada vez mais solitária, os animais fazem parte da família. Neste ”isolamento coletivo” – como já ouvi dizer de algumas pessoas – os animais são um suporte emocional num país desigual. Aqui, temos R$ 18 bilhões investido em produtos no mercado para animais de estimação. Não é questão de discutir os afetos, se alguém se alegra com a presença de animais, que tenha, o que vale investigar é que tipo de equação afetiva é feita para preferir a solidão acompanhada de um cão, por exemplo, do que a constituição de uma família mais ortodoxa. É interessante observar quais são as características dessa sociedade que leva um indivíduo a um tipo de isolamento acompanhado de uma raça diferente, em outras palavras, a individualidade dos seus agentes sociais e seus afetos

Imagem

Continuar lendo