Mentes Lúcidas

Quando o racional fica em silêncio e vive no conformismo, torna-se parte do problema e perde a total credibilidade da razão


Deixe um comentário

Revolta da Balaiada

A área assinalada em vermelho, é a área onde ocorreu a Balaiada

A área assinalada em vermelho, é a área onde ocorreu a Balaiada

Nas obras que tratam dos primeiros anos da independência política do Brasil, muitos historiadores dão especial destaque ao fato de que os privilégios e desmandos que marcavam o passado colonial não foram superados com o estabelecimento da independência do país. Um dos Continuar lendo


Deixe um comentário

O mundo que não vemos é a maior realidade imunda entre tanta podridão

Foto: http://malfattori.noblogs.org/files/2012/04/27092011211546.jpgÉ incrível a façanha que os guardiões e representantes das Leis colocam o seu ego e orgulho acima da Constituição protegendo seus semelhantes covardes latifundiários e empresariado. O Poder corrompe – um banco, exército, centro de poder, o poder absolutamente corrompe Continuar lendo


Deixe um comentário

A infâmia dos políticos

beloO Brasil perdeu mais de 45 mil quilômetros quadrados de áreas protegidas nos últimos 30 anos – uma área maior do que a do Estado de Rio de Janeiro – segundo levantamento feito por pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco. Continuar lendo


Deixe um comentário

O Mundo faz de conta dos escravos alienados

Estive pensando em como se libertar do sistema, e cheguei à seguinte conclusão: para libertar-se do sistema é preciso destruí-lo.
O sistema está em toda a nossa sociedade: nas pessoas, nas escolas, no trabalho, na policia, etc. Logo, precisaríamos destruir toda a sociedade (sempre lembrando que essa é a minha opinião), pois a destruição leva também a construção. Continuar lendo


Deixe um comentário

Declaração pirata, do capitão Bellamy

        Bucaneiros do mundo, uni-vos!

          284909_402905126466729_1430066889_n  O Capitão Sam Bellamy foi um famoso pirata do século 18, comandante de um dos maiores navios da época: o Whydah. Durante os quase dois anos que singrou os mares do Caribe, capturou mais de 50 navios, muitos dos quais eram navios negreiros, levando escravos para a América. Inglês de Devonshire, nasceu em 1689. Tornou-se marinheiro na Continuar lendo